Taxa Referencial – TR

A Taxa Referencial – TR corresponde a uma taxa de juros de referência na economia brasileira. Ela foi criada no Brasil no ano de 1991, constituindo assim um conjunto de medidas implantadas pelo governo daquele período, que era do então presidente Fernando Collor de Mello. A taxa referencial era divulgada diariamente e tinha por intuito promover o combate à inflação e também proporcionar uma melhoria na economia do país.

Até hoje a TR exerce certa influência na economia do nosso país, visto que alguns elementos relevantes da economia são medidos por meio dela. Entre tais elementos é possível destacar os financiamentos imobiliários, o saldo FGTS e a Caderneta de Poupança.

taxa referencial - TR

Como funciona a taxa referencial

A taxa referencial funciona como um indexador monetário, porém atualmente ela exerce um impacto baixo nas correções, visto que está próxima de 0%. A fonte de cálculo da taxa referencial é formada pelas 30 maiores instituições financeira do Brasil e é também aplicada no segmento imobiliário.

Em um curto prazo a taxa referencial não representa grandes alterações no cotidiano das pessoas, no entanto, o seu aumento poderá significar em um futuro próximo o aumento de empréstimos. Por outro lado, uma taxa de valor mais baixo implica em investimentos de retorno mais baixo, como a Poupança e também empréstimos mais baratos.

Influência nos Rendimentos da Poupança

A caderneta de Poupança, investimento de baixo retorno popular entre os brasileiros, é diretamente influenciada pela taxa. O cálculos dos juros é feito com base na TR mais a remuneração adicional com base na taxa Selic. Veja aqui como funciona o rendimento.

Como é calculada a TR

O cálculo da TR é efetuado pelo Banco Central do Brasil, que é uma autarquia federal e possui vínculo com o Ministério da Fazenda do Brasil. Esse cálculo é baseado na taxa média mensal. Para proceder no cálculo é necessário saber o valor de um índice conhecido como TBF (Taxa Básica Financeira). Assim, diariamente o Banco Central do Brasil efetua uma pesquisa que tem por base mais de 20 instituições financeiras do país, analisando as suas taxas de juros dos CDBs prefixados e, dessa maneira, atingindo um valor aproximado e médio.

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é uma espécie de depósito efetuado a prazo. Tal depósito é oferecido por instituições financeiras. Com base nisso, o cálculo é o dia de referência, sendo então calculada no dia útil seguinte. Além disso, em cima da média analisada das taxas dos Certificados de Depósito Bancário, é aplicado um redutor que varia de forma mensal.

Partindo do valor da Taxa Básica Financeira divulgada, em base mensal, há então a possibilidade de efetuar o cálculo do valor da Taxa mensal a ser utilizado para correção, como por exemplo, o saldo da Caderneta de Poupança daquele dia.

Vale destacar que o valor calculado nunca será um valor negativo. Em determinadas situações, quando o resultado for considerado baixo, a taxa referencial será igual à zero. De uma forma geral, o resultado pode ser baixo devido, por exemplo, a uma queda na taxa de juros do mercado.

Para a realização do cálculo da taxa referencial é possível utilizar uma equação que é R=a+b.TBF.

A variável “a” corresponde a um valor fixo igual a 1,005, já o “b” pode ser encontrado consultando o valor da TBF.

TR – Últimos 10 anos
Ano Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez
2006 0,2326 0,0725 0,2073 0,0855 0,1888 0,1937 0,1751 0,2436 0,1521 0,1875 0,1282 0,1522
2007 0,2189 0,0721 0,1876 0,1272 0,1689 0,0954 0,1469 0,1466 0,0352 0,1142 0,0590 0,0640
2008 0,1010 0,0243 0,0409 0,0955 0,0736 0,1146 0,1914 0,1574 0,1970 0,2506 0,1618 0,2149
2009 0,1840 0,0451 0,1438 0,0454 0,0449 0,0656 0,1051 0,0197 0,0000 0,0000 0,0000 0,0533
2010 0,0000 0,0000 0,0792 0,0000 0,0510 0,0589 0,1151 0,0909 0,0702 0,0472 0,0336 0,1406
2011 0,0715 0,0524 0,1212 0,0369 0,1570 0,1114 0,1229 0,2076 0,1003 0,0620 0,0645 0,0937
2012 0,0864 0,0000 0,1068 0,0227 0,0468 0,0000 0,0144 0,0123 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000
2013 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0209 0,0000 0,0079 0,0920 0,0207 0,0494
2014 0,1126 0,0537 0,0266 0,0459 0,0604 0,0465 0,1054 0,0602 0,0873 0,1038 0,0483 0,1053
2015 0,0878 0,0168 0,1296 0,1074 0,1153 0,1813 0,2305 0,1867 0,1920 0,1790 0,1297 0,2250
2016 0,1320 0,0957 0,2168 0,1304 0,1533 0,2043

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *