Caderneta de Poupança: O que é e como Funciona

Com pouco mais de 40 milhões de poupadores em todo o Brasil, a caderneta de poupança se tornou o mais popular modo de investir no país. Por ser isenta de qualquer taxa administrativa e até mesmo do famoso IR – Imposto de Renda, seus benefícios costumam ser bem atrativos. Mas se por um lado ele conta com essas vantagens, de outro, seus retornos são mais baixos. Neste artigo, conheça mais sobre a caderneta da poupança, como ela funciona, quais são suas regras e como é possível investir.

O que é

A Caderneta da Poupança é um método de investimento criado no ano de 1861 pelo Governo Federal com o principal objetivo de aumentar o poder de compra e proteger o salário do brasileiro do aumento da inflação. Além de ser um dos mais antigos investimentos, não à toa, a poupança também é a mais simples e popular forma de aplicação da renda fixa no país.

caderneta de poupança

Como funciona

A Caderneta da Poupança permite a aplicação de valores extremamente baixos – R$30 ou R$50 mensais já é o suficiente para muitos. Porém, o valor mínimo estabelecido por mês depende de cada instituição financeira.

Trinta dias depois que a aplicação é realizada o dinheiro é acrescido de juros (sendo essa taxa também diferenciada em cada banco). No banco Caixa Econômica Federal, por exemplo, a remuneração é de 0,5% por mês, ou seja, 6,7% por ano (com o adicional da variação da TR).

O rendimento no entanto varia de acordo com a taxa Selic referente ao período. Saiba como calcular os rendimentos.

Valores que sejam depositados, porém, retirados da poupança em menos de 30 dias – prazo mínimo para a aplicação da remuneração – não a recebem.

A caderneta de poupança é um método totalmente isento de tributos e na maioria dos bancos (como na Caixa, por exemplo) não há valor mínimo para depósito. Saiba mais informações sobre como funciona a rentabilidade.

Como investir na Caderneta de Poupança

Para começar a investir na caderneta da poupança o primeiro passo é abrir uma conta do tipo poupança na instituição bancária de sua preferência. Para tal, é necessário apresentar os seus documentos básicos de identificação, como CPF, RG ou CNH e comprovante de endereço.

Dentro de alguns dias o cartão magnético será recebido em sua casa, porém, antes disso, você já pode dar início aos seus investimentos (mas lembre-se que não é possível sacar dinheiro da poupança sem o seu cartão).

Regras

Entre as principais regras do investimento na caderneta de poupança podemos destacar:

  • Total isenção de IOF e IR sob os seus ganhos;
  • O investidor pode, a qualquer momento, sacar o valor desejado;
  • Os bancos não podem realizar qualquer tipo de cobrança do investidor (como um valor mensal para que ele continue investindo, por exemplo);
  • Caso o dinheiro fique aplicado na conta do investidor por período inferior a 30 dias, o rendimento em questão não é pago;
  • O retorno da caderneta da poupança costuma ser baixo – tanto que na maioria dos casos ele é inferior à inflação;
  • Caso o banco quebre, há uma regra de que o investidor só poderá receber, no máximo, 250 mil de volta;
  • A rentabilidade depende também da taxa Selic. Quando ela chega a 8,5% ou menos, a poupança rende 70% dela mais a taxa referencial; quando a Selic fica acima desta porcentagem, os lucros são de Taxa Referencial + 0,5% por mês.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *